Destaque Saúde

CAMPANHA: “Tudo tem seu tempo: Adolescência primeiro, gravidez depois”. 

A Lei nº 13.798 que institui a Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência acaba de ser sancionada. A medida passa a vigorar no Art. 8º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e será celebrada, anualmente, na semana que incluir o dia 1º de Fevereiro. Diante dessa realidade, o Governo Federal lançou a CAMPANHA: “Tudo tem seu tempo: Adolescência primeiro, gravidez depois”.No Brasil, cerca de 930 adolescentes e jovens dão à luz todos os dias. Este número já foi maior e agora está em queda. O Brasil registra a maior taxa entre os países da América Latina e Caribe, chegando a 68,4 nascidos vivos para cada mil adolescentes e jovens.

Diversos fatores contribuem para a gravidez na adolescência. No entanto, a desinformação sobre sexualidade, sobre direitos sexuais e reprodutivos é o principal motivo. Questões emocionais, psicossociais e contextuais também contribuem, inclusive para a falta de acesso à proteção social e ao sistema de saúde, incluindo o uso inadequado de contraceptivos. A Secretaria de Saúde local realiza uma vasta programação sobre o assunto.Alexandre Lopes – Radialista Profissional DRT 5722/CE. Pesquisa de Dados da Matéria: Página da Prefeitura de Quixeramobim – Facebook.