Destaque Geral

Colisão entre ônibus e caminhão deixa mortos e feridos em Campos Sales

Seis pessoas morreram e outras 25 ficaram feridas em um grave acidente envolvendo um ônibus com romeiros e um caminhão na rodovia CE- 371, a 12 km de Campos Sales, na tarde desta Quinta-feira, Dia 13/12. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), as vítimas são três homens e três mulheres. Quatro dos seis mortos já foram identificados. São eles Raimundo de Lima Costa, 42 anos, motorista do ônibus, conhecido popularmente como Raimundinho, Luzia Alves dos Santos, 60 anos e o marido Sebastião Antônio dos Santos, 80 anos e Otília Francisca Alves, 64 anos.Entre os feridos estão um tio e duas tias da dona de casa Maria das Neves Silva, que retornavam de uma romaria. “A gente não sabe mais notícias, mas pensamos que eles estejam conscientes. A família está muito abatida, minha mãe está aos prantos, infelizmente é uma tragédia que a gente não esperava”, afirma.

Segundo a PRE, o ônibus vinha da cidade de Canindé após os fiéis terem participado de uma missa na última terça-feira (11). No retorno para Campos Sales, o ônibus colidiu com um caminhão que trazia um carregamento de gesso, na localidade de Varzinha, a 12 quilômetros do município.

Conforme a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, os primeiros levantamentos apontaram que o ônibus de passageiros colidiu de frente com o caminhão. De acordo com o coordenador do Samu, 25 pessoas foram atendidas no local, sendo seis com ferimentos graves. Uma vítima foi levada em um helicóptero para o hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza. As demais vítimas foram levadas para o Hospital Geral de Campos Sales e transferidas para outras unidades hospitalares da região.O médico plantonista do hospital do município, Hugo Napoleão, informou que foi feita uma força-tarefa para atender as vítimas do acidente. “Eu era o único plantonista do dia e o que a gente viu foi um desastre. Um acidente com muitas vítimas, cerca de 20 vítimas mais ou menos chegaram ao hospital. Foi formado uma força-tarefa para ajudar toda essa população, por que vieram vários plantonistas que não estavam no dia para dar um suporte. Os pacientes mais graves tiveram Traumatismo Crânio Encefálico (TCE) e foram transferidos para o Cariri através da Ciopaer e ambulâncias do SAMU”, disse o médico.

Aproximadamente 10 pessoas continuam internadas e o estado de saúde é considerado estável. Os pacientes com escoriações leves foram medicados e liberados. Participaram do socorro às vítimas equipes do Batalhão de Policiamento Rodoviário Estadual da Polícia Militar do Ceará, do Corpo de Bombeiros do Ceará, da Perícia Forense (Pefoce) e uma aeronave da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer), com um médico e uma enfermeira a bordo.

Alexandre Lopes – Radialista DRT 5722/CE. Pesquisa de Dados da Matéria: diariodonordeste.verdesmares.com.br